• segunda, 18 de janeiro de 2021
  • |
  • 08:09
Foto: Leandro Joaquim

Paula Lemos é empossada como primeira prefeita mulher no município de Barretos

01/01/2021

Eleita no dia 15 de novembro/2020, a advogada Paula Oliveira Lemos foi empossada em sessão solene, na manhã do dia, 1º de janeiro/21, na Câmara Municipal, prefeita de Barretos, a primeira mulher a ocupar o cargo na história da Cidade. A posse foi feita pelo vereador Adilson Ventura de Melo, o mais votado nas últimas eleições municipais. Também foi empossado, o vice prefeito, o médico Gustavo Abrão Sasdelli. O mandado é para o quadriênio 2021 – 2024.
Antes da posse na Câmara, a prefeita Paula Lemos e o vice prefeito Gustavo Sasdelli participaram com seus familiares de missa na Catedral do Divino Espírito Santo, celebrada pelo bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior.
Após a posse na Câmara Municipal, realizada com restrições de público para cumprimento dos protocolos de prevenção a Covid 19, mas transmitida por redes sociais, Paula Lemos e Gustavo Sasdelli dirigiram-se para a Faculdade de Ciências Médicas Doutor Paulo Prata, onde foi realizada Transmissão de Poderes, feita pelo então prefeito em exercício, o médico Vagner Cleber Chiapetti para a Paula Lemos.
A sessão solene, também o cumprimento de protocolos de prevenção a Covid 19, foi transmitida ao vivo por redes sociais e teve participação de autoridades do Município. A mesa solene foi formada inicialmente pela doutora Fernanda Martins Perpétuo de Lima Vasquez, juíza Criminal, diretora do Fórum Conselheiro Lafaiete e juíza da 21ª Zona Eleitoral de Barretos; o ex-prefeito e ex-deputado estadual, o médico Uebe Rezek; o ex-prefeito Emanoel Mariano Carvalho, o delegado seccional de Polícia, doutor José Luiz Ramos Cavalcanti; o comandante do 33º Batalhão de Polícia Militar, o tenente coronel, Mauro Alves dos Santos Júnior; o ex-prefeito em exercício, o médico Vagner Kleber Chiapetti; a professora Maria da Graça Oliveira Lemos, mãe da prefeita Paula Lemos, que representou sua família; o vereador reeleito Paulo Henrique Correia, que foi eleito presidente da Câmara Municipal para o mandado 2021 – 2022; o defensor Público, doutor Fábio Henrique Exposto; o promotor de Justiça, doutor Walter de Souza Vicentini Vilela; o gerente executivo de Relações Institucionais da Tereos, Roberto Serroni Pedrosa e o deputado estadual Sebastião Santos.
Após a composição da mesa, foram anunciadas solenemente e respectivamente, as entradas no plenário, do vice prefeito empossado, doutor Gustavo Abrão Sasdelli, acompanhado de seus familiares e a prefeita Paula Lemos, acompanhada do seu esposo, o advogado Rene Radaeli de Figueiredo, compondo a mesa com as demais autoridades.
Em seguida foi convidado para uma apresentação especial, o barranteiro Alceu Garcia, conhecido nacionalmente e vencedor de dezenas de concursos do gênero. Logo depois feita a execução do Hino Nacional. O Hino de Barretos foi interpretado pelo tenor Franco Pierre, acompanhado pelo pianista Gustavo Manfrin.
Conforme o protocolo da sessão solene, foi feita a leitura da ata de Transmissão de Poderes, pela servidora pública municipal, Fernanda Oliveira Lemos, irmã de Paula de Lemos. Na sequência a ata foi assinada pela prefeita Paula Lemos, o vice Gustavo Sasdeli, o então prefeito exercício Vagner Chiapeti. Depois foi disponibilizada para assinatura dos demais presentes. Como secretário ad hoc, foi nomeado o servidor Rafael Favarin Pimentel, da Secretaria Municipal de Administração.
A cerimônia de Transmissão de Poderes contou com a participação dos líderes religiosos, dom Milton Kenan Júnior (Igreja Católica), pastor Érik Bretanha (presidente do Conselho de Pastores), Eduardo Croys Felthes (Comunidade Espírita) e Girrad Sammour (Mesquita Muculmana), que fizeram orações e desejaram profícuo mandado e sucesso para a nova gestão na Prefeitura de Barretos.
“Inicia-se aqui uma jornada desafiadora de quatro anos a frente de nossa Cidade e ao lado das pessoas. Almejar ser prefeita de Barretos não foi uma simples decisão. Foi algo que despertou dentro de mim com a inquietude diante dos descaminhos no trato com a coisa pública, aos quais sempre combati, como cidadã e como vereadora, por vezes num enfrentamento que parecia solitário, mas com o resultado das urnas em 15 de novembro confirmou ser a vontade das pessoas”, ressaltou Paula Lemos ao iniciar o seu discurso.
Seguindo, pediu a confiança de todos os barretenses, porque acredita na força do trabalho incansável, com os pés no chão e olhos no futuro. “Na minha vida e agora como prefeita, quero manter pulsando forte no meu peito o coração de Davi, o pulsar segundo o coração de Deus, sendo sempre comprometida com a vontade e os propósitos do Senhor e, assim ser uma gestora justa, com sensibilidade para enxergar a dor do outro, para acolher as pessoas e traçar um novo caminho para Barretos”, frisou a Prefeita.
Paula Lemos destacou a sua formação pessoal com o grande alicerce de sua família e afirmou que quer contar com cada vereador na votação de projetos e indicações e ter uma relação saudável com o poder judiciário e com todas instituições que asseguram uma democracia justa e solidária. “Que Deus ilumine a todos e nós e dê forças para honrarmos os nossos compromissos para garantirmos uma gestão pacífica, eficiente e realizadora”, frisou.
O vice prefeito Gustavo Sasdelli falou ser uma honra ser empossado como vice prefeito de Barretos, berço de sua minha família. “Me sinto encorajado e convicto que junto com Paula Lemos mudaremos a história de Barretos. Sei que o caminho não será fácil. A missão em trabalhar pela nossa Cidade e para nossa gente nunca será sucumbida, pois a determinação e a vontade de fazer o melhor nos conduz. Colocaremos Barretos nos trilhos do desenvolvimento humano e econômico como nunca se viu antes. Temos um time forte, preparado e juntos faremos o Município elevar o nível e se transpor à um outro patamar e assim de fato iniciaremos uma nova era em Barretos”
No seu pronunciamento de Transmissão de Poderes, o então prefeito em exercício, Vagner Chiapetti agradeceu pelo mandato cumprido pela última gestão e desejou um grande sucesso ao novo governo na Prefeitura de Barretos. Encerrada a sessão solene, a Prefeita anunciou juntamente com o seu vice, a composição do secretariado municipal (Veja release 002/21)



DISCURSO DE PAULA LEMOS

Inicia-se, aqui, uma jornada desafiadora de 4 anos à frente da nossa cidade e ao lado das pessoas. Almejar ser prefeita de Barretos não foi uma simples decisão, foi algo que despertou dentro de mim com a inquietude diante dos descaminhos no trato com a coisa pública, aos quais sempre combati, como cidadã e como vereadora, por vezes num enfrentamento que parecia solitário, mas que, com o resultado das urnas em 15 de novembro, confirmou-se ser a vontade das pessoas.
Preparar-me para tal momento, confesso, foi igualmente desafiador. Preciso revelar que essa preparação se iniciou bem antes, no tempo em que os meus olhos de menina se iluminavam com os ensinamentos que meu pai e a minha mãe, generosamente, derramavam nos caminhos que minhas irmãs e eu começávamos a trilhar. Obrigada... Imensamente obrigada a ambos pela solidez de caráter que moldaram e que tanto irradiam, todos os dias, nossas caminhadas.
Depois, cursando a faculdade de direito, pude compreender a extensão da violência silenciosa e dissimulada que se comete, nos corredores do poder, para saciar ambições pessoais desmedidas ou por mero despreparo ou alheamento quanto a compromissos com o futuro da nossa gente. Ser advogada foi uma escolha, desde sempre, por uma carreira que me oferecesse os meios para combater a tudo isso. E, depois, na Câmara Municipal, durante dois mandatos, sendo no segundo - reeleita como a mais votada -passei a verificar, no dia-a-dia, os danos que uma má gestão provocava na vida das pessoas.
Denunciei, enfrentei, combati o bom combate, sempre guardando a fé. Colocando sempre a frente tudo aquilo que somos chamados a realizar: a vocação que recebemos, o dom que Deus nos dá não para ser enterrado, mas para ser partilhado. O tempo dá a dimensão adequada aos fatos, como diz o Ministro Luís Roberto Barroso.
Oito anos de muita luta, muito trabalho e tantos enfrentamentos que, por vezes, só a minha fé em Deus e a Sua força, amparando o meu espírito de mulher, me impediram de recuar. Defino como preparo todas estas experiências vividas, pois percebi a importância de ser flexível diante de um aprendizado permanente, combustível para o crescimento com segurança e confiança
O meu coração de mulher temente, cidadã participativa, política empática e de mãe decidiu por mim e me orientou a enfrentar esse desafio e assim o fiz, de cabeça erguida e coração aberto. Eis me aqui, neste momento histórico para Barretos e para todos nós!
Claro que há, antes de tudo, o tempo de Deus, e, Ele, na Sua infinita sabedoria, nos reserva essa verdade histórica. Faço aqui o registro, também, de que minha mãe, professora Graça Lemos, iniciou esta trajetória, sendo a primeira mulher candidata a prefeita de Barretos em 2004, abrindo caminho para todas nós, mulheres e para que eu possa ser só a primeira de muitas que ocuparão posições onde desejarem.
Parafraseando Cora Coralina, agora me cabe percorrer esta trajetória, removendo pedras e plantando exemplos para que outras mulheres possam ocupar espaços onde estiverem preparadas. Assim somos nós, Filhos da Luz, homens e mulheres desafiados a caminhar na transparência, na verdade, sem nos omitir e vivendo na autenticidade de nossas falas e atitudes. Sobre meus ombros recai uma responsabilidade maior: demonstrar que as mulheres podem sim caminhar lado a lado com os homens. Sim, sou a primeira mulher a ocupar o cargo de prefeita de Barretos, porque fiz da minha vida pública serviço ao próximo e meu compromisso é servir sempre à causa das pessoas.
Assim, peço, humildemente, como mulher, como mãe, esposa, filha, irmã, amiga, uma mulher simples, mas uma mulher de fé e coragem, a confiança de todos os barretenses porque acredito na força do trabalho incansável, com os pés no chão e os olhos no futuro.
Na minha vida e agora como prefeita, quero manter pulsando forte no meu peito o coração de Davi... o pulsar segundo o coração de Deus! Sendo sempre comprometida com a vontade e os propósitos do Senhor e, assim, ser uma gestora justa, com sensibilidade para enxergar a dor do outro, para acolher as pessoas e traçar um novo caminho para Barretos. Penso que seja extremamente importante seguir as batidas do coração, porque a sensibilidade é uma bússola e também uma âncora que impedirá que se fique à deriva e ao sabor dos ventos
Quero contar com cada vereador na votação de projetos e nas indicações que possam nos ajudar a otimizar nossos recursos tão escassos, num esforço conjunto pelo bom andamento dos trabalhos de ambos os poderes e pela construção de uma Barretos melhor.
Quero relação saudável com o Poder Judiciário e com todas as instituições que asseguram uma democracia livre, justa e solidária, garantindo, desde já, que a nossa atuação será sempre pautada pela mais absoluta legalidade, impessoalidade, moralidade, transparência e eficiência. Consagrando tudo aquilo em que acredito, tendo como missão e propósito melhorar a vida das pessoas, pavimentarei um caminho confiável na nossa gestão. A prioridade será a seriedade e a honradez no trato da coisa pública. Não haverá espaço para descaminhos. Não haverá tolerância para desvios posturais.
Creiam: Trago para a Prefeitura de Barretos a força, a coragem e a energia de uma mulher e, principalmente, a sensibilidade de uma mãe. Estamos aqui hoje, pois fomos ungidos, ou seja, Deus olhou para vocês, olhou para mim e escolheu a cada um de nós e tomou a iniciativa de vir ao nosso encontro. Somos agraciados, somos abençoados e, por isto, deveremos viver como tal. Somos enviados e escolhidos com uma missão bem específica: para encontrar as pessoas e acolher as pessoas. Esta missão específica que pede de você e de mim atitudes concretas e, ao mesmo tempo, coerentes dentro da fé e das opções que fazemos todos os dias.
Viver como homens e mulheres abençoados, portadores de paz e de esperança, de cura, de humildade, de comunhão e de união com pequenos gestos que nos dão a graça de construir pontes nos relacionamentos, jamais sermos pedras de tropeço, mas sim de suporte para o irmão e para a irmã.
Amar as pessoas e a fé são as fontes as quais recorrerei sempre para superar os desafios que se avizinham. Com a coragem dos justos é que pretendo governar Barretos, mas também com a empatia de me colocar sempre no lugar do outro, olhando por 122 mil vidas que aqui vivem, pensando sempre no bem coletivo.
Assim, é com o imenso carinho com o qual abraço minha mãe, meu marido e meu filho que pretendo cuidar das pessoas e a elas me dedicar incansavelmente nos próximos 4 anos, tomando a benção do meu pai e buscando a paz que tanto precisamos.
O talento não descansa, paira acima de tudo, inclusive da inveja e do ressentimento. E é sempre bom lembrar que Deus está nos detalhes, nas entrelinhas.
Hoje se abre um novo ano, uma nova oportunidade, por isto, sejamos gratos, inclusive, pela possibilidade de recomeçar. Um brinde ao futuro!
Que Deus ilumine a todos e nos dê forças para honrarmos os nossos compromissos para garantirmos uma gestão pacífica, eficiente e realizadora. Deus abençoe a mim... Deus abençoe ao Brasil e a nossa querida Barretos... Deus abençoe a todos nós para que tenhamos paz e vivamos em concórdia. Sou uma escolhida das pessoas e sei o significado desta missão. Acreditem, a honrarei. Obrigada.



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Banner 2