Rotary transforma lacres de latas em solidariedade

O que pode ser considerado lixo para muitos tornou-se moeda de solidariedade para o Rotary Club de Barretos. Lacres de latas de alumínio guardadas em garrafas PET de dois se transformam em cadeiras de rodas, que são doadas a quem precisa.

O projeto permanente começou em março deste ano e ajudou famílias que viveram e pessoas acamadas de todas as idades. “Além da questão de ajudar as pessoas nós estamos fazendo uma bela contribuição ainda também para o planeta. Porque ao momento que a gente tira do meio ambiente o alumínio, e faz ele se reciclar e virar algo tão bom para as pessoas, a gente ajuda muitas famílias.” – comenta o presidente do Rotary, Thiago Pereira de Souza.

As garrafas são deixadas em estabelecimentos comerciais e que depois de cheias são recolhidas e armazenadas no clube. Posteriormente, os lacres são vendidos para uma siderúrgica que paga R$ 370 para cada 120 garrafas o que corresponde a 100 quilos. “Uma corrente do bem, que consegue ajudar várias pessoas com essa ação. Então essa ação tem que multiplicar, tem que crescer para que a gente possa fazer mais e mais pelas pessoas.” – destaca o rotariano Amadeu Ferreira Dutra.

“Queremos levar a confiança daqueles que não acreditam que com uma pecinha, com um lacre desse tamanho, nós participamos de fazer um milagre de dar cadeiras para aquelas pessoas que precisam.” – afirma o presidente.

A meta é arrecadar uma tonelada de lacres até o final de fevereiro de 2019 e entregar 10 cadeiras de rodas para a população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − um =

Scroll to Top