Esperança para o Novo Ano

Esperança para o Novo Ano

No limiar de um novo ano, a esperança bate mais uma vez as asas sobre nós. Não aquela esperança eufórica, superficial e passageira, mas a verdadeira esperança que se realiza lentamente, que precisa de paciência e resistência.

São Paulo, escrevendo aos romanos, diz: “Nós também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança, a perseverança uma virtude comprovada, a esperança da virtude comprovada”. E a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5,3-5).

Segundo as palavras do Apóstolo, a esperança nasce da tribulação, requer perseverança e virtude comprovada. Os tempos difíceis são tempos de esperança. Sem desafios e sem a coragem de superá-los, não há, de fato, esperança. Sem uma vida honesta e a prática do bem é uma ilusão para a esperança. A esperança, embora seja um dom de Deus, precisa ser construída como um edifício: pedra sobre pedra.

“A esperança não decepciona”, diz-nos São Paulo novamente, porque unida a ela está o amor de Deus. Onde há justiça, onde reina a verdade e a caridade brilha, lá está Deus. Mas o oposto também é verdadeiro: onde falta a verdade e a justiça é destruída, onde a caridade se extingue, mesmo que mencionemos seu nome, Deus estará longe.

Nossos tempos, porque são difíceis, nos convidam a ter esperança, a construir esperança, com o esforço de cada dia para fazer prevalecer o bem, para fazer reinar a verdade e a caridade, porque só assim o amor de Deus será derramado em nós.

Que nossos desejos de “Um Feliz Ano Novo!” não sejam meras palavras, mas um compromisso para tornar a esperança realidade. Tudo o que sonhamos para o novo ano precisa do nosso esforço, da nossa luta para que isso aconteça. Se queremos que nossas esperanças se tornem realidade este ano, temos que lutar por elas todos os dias.

Um novo ano cheio de esperança é o que eu desejo a todos os diocesanos! Feliz Ano Novo! Que nossas esperanças se renovem no novo ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − cinco =

Scroll to Top