• segunda, 26 de agosto de 2019
  • |
  • 00:03
Foto: Divulgação

Cadastros para CDI passam a ser feitos pelo CREAs

12/02/2019

A Prefeitura de Barretos, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, informou que o cadastramento para idosos participarem das atividades do CDI (Centro Dia Idoso), Programa que funciona no CCI (Centro de Convivência do Idoso) “Maria Vitória Carvalho de Ávila”, no Bairro Christiano Carvalho, agora são feitos por meio do CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) “Anna de Toledo da Silveira – Maninha”, na Avenida 25, entre as Ruas 16 x 18, Centro.
As atividades no CDI – fisioterapia, esportes, artesanato, recreação, e acompanhamento psicológico, são desenvolvidas de segunda a sexta-feira, para idosos acima de 60 anos, que apresentam algum tipo de deficiência ou necessitam de acompanhamento. No local são servidas três refeições para os assistidos, num total de 76 pessoas: café da manhã, almoço e lanche da tarde.
O equipamento recentemente passou por obras de reformas e adequações visando atender ainda melhor as necessidades dos idosos. “O CDI tem uma importância fundamental em Barretos atendendo com toda dignidade os idosos acima de 60 anos que se encaixam no perfil do Programa e agora foi regulamentado cadastramento que passa a ser feito pelo CREAs”, explicou a secretária municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Carmem Bordalho.
MAIS UM POLO – Uma nova unidade do CDI vai funcionar em breve, para atendimento de 50 idosos. Irá funcionar no prédio que atualmente abriga o CEMEI “Luiza Costa Fernandes”, no Bairro Califórnia, que vai mudar-se para uma nova e moderna edificação. As atividades no Centro Dia serão desenvolvidas por meio de convênio com a OSC (Organização da Sociedade Civil) Esperança & Vida.
Para atendimento a idosos, Barretos tem ainda o CCI “Ignez Scarpellini L’apiccirella, no Jardim Universitário. A faixa etária é para pessoas acima de 50 anos e não há necessidade de inscrição. Basta comparecer ao local, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. São oferecidas atividades de canto coral, artesanato, esporte, dança (zumba), acompanhamento psicológico, lazer e recreação.
Mais duas unidades serão criadas: Centro de Referência do Idoso, em área do pátio de estacionamento da antiga Estação Ferroviária e no Bairro Marília. Os projetos estão em fase de licitação.



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Banner 2