• quarta, 19 de junho de 2019
  • |
  • 00:00

Polícia Civil esclarece homicídio de vendedor ambulante em Barretos

05/01/2019

A Polícia Civil de Barretos, através das equipes da DIG/DISE esclareceram o crime de homicídio que vitimou o vendedor ambulante, Genildo Silva de Melo de 50 anos no último dia 26 de dezembro. A vítima foi morta a tiros por um motociclista na Rua Braz de Ávila Lima no interior do veículo que dirigia. Segundo o delegado Dr. João Brocanello, diante da dedicação dos investigadores em poucos dias a autoria foi esclarecida e devido a isso o autor acabou por se apresentar na delegacia antes mesmo que fosse expedido seu mandado de prisão. Segundo depoimento do autor Paulo de 26 anos, alegou durante seu interrogatório que a motivação do crime teria sido devido a vítima ter molestado seu sobrinho de cerca de 5 anos de idade. O autor teria tomado ciência do fato na noite de Natal onde após a ceia, teria visto sua mão ao telefone falando com a irmã dele e chorando ao telefone e perguntada sobre o motivo a mãe teria contado a Paulo que o motivo do choro seria que a irmã contou a ela que o sobrinho do mesmo teria sido molestado por um conhecido. Diante disso Paulo tentou encontrar a vítima, porém sem êxito e por isso teria pedido a um familiar que ligasse para a vítima e que queria comprar um produto do mesmo. Assim foi feito e quando Genildo foi até o local achando que faria uma venda foi executado a tiros por Paulo. A Polícia Civil agora aguarda os laudos periciais para a conclusão do inquérito que será remetido do Fórum para análise do juiz competente que irá determinar se Paulo deverá ser mantido preso ou aguardará em liberdade. O delegado ainda salientou que Paulo já registras antecedentes criminais por vários crimes e inclusive já esteve preso e também que aguarda que o mesmo apresente a arma do crime. O delegado ainda que apesar da confissão do crime e as motivações não justifica a atitude do indiciado que deverá responder pelo crime de homicídio qualificado, e que a prisão do mesmo só não foi requisitada na esfera policial devido a força de lei, onde o mesmo se apresentou e colabora com as investigações, o que será analisado pelo Poder Judiciário.



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Prefeitura Municipal de Barretos 2

VÍDEO EM DESTAQUE (ANUNCIE AQUI)

PUBLICIDADE

TEMPO

COTAÇÕES

IMAGENS DA SEMANA

MAIS LIDAS DA SEMANA

    Sem matéria cadastradas como mais lidas!