• quinta, 15 de novembro de 2018
  • |
  • 21:29

Jovem de 21 anos é morto a tiros no Bairro Fortaleza em Barretos

06/11/2018

O jovem Matheus Marcos da Silva de 21 anos que trabalhava como entregador, foi morto a tiros na tarde de ontem em Barretos no cruzamento da Rua 26 com a Avenida 013, Bairro Fortaleza em Barretos. Imagens de câmeras de segurança mostram a ação do autor do crime, onde vítima e autor se encontravam de motocicleta e no local dos fatos o atirador fecha a moto da vítima, desce e já efetua os disparos sem que o jovem pudesse ter algum tipo de reação e ficar caído na via e na sequencia o autor dos disparos foge do local. Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e SAMU foram acionadas para o local. Segundo o Cabo Gésse a equipe foi acionada para atendimento de vítima baleada e com a chegada ao local, populares que estavam pelo local já estavam iniciando os trabalhos de reanimação pois a vítima se encontrava em parada cardíaca. As equipes do Corpo de Bombeiros com apoio de uma Unidade do SAMU assumiram o atendimento dando continuidade as manobras de RCP e a vítima foi levada a emergência da Santa Casa sendo deixada aos cuidados da equipe médica ainda em parada cárdio respiratória devido aos disparos de arma de fogo que atingiram a região do tórax. A Polícia Militar fez o registro da ocorrência e foi dada ciência a Polícia Civil onde uma equipe da DIG esteve pelo local para dar início aos trabalhos de investigação de identificação do autor dos disparos. Segundo o Soldado Borges, por volta das 13:00hs uma solicitação via COPOM dava conta de um indivíduo baleado. A equipes se deslocou até o local onde a equipe de resgate já dava o atendimento ao rapaz que foi socorrido, mais infelizmente veio a óbito pela Santa Casa. Durante o registro da ocorrência a equipe apurou que vítima e autor tiveram um desentendimento pela manhã que culminou na morte do jovem Matheus já no início da tarde. Todas as informações foram repassadas e o boletim de ocorrência registrado na DIG como homicídio, a Polícia Civil já trabalha para solucionar o caso. Matheus trabalhava como entregador em um restaurante e não possuía nenhum antecedente criminal. 



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Banner 2