• sexta, 25 de maio de 2018
  • |
  • 15:45

33º BPMI comemora Dia da Policial Feminina

15/05/2018

O 33º Batalhão de Polícia Militar do Interior sediado em Barretos, realizou uma solenidade em comemoração ao Dia da Policial Feminina, comemorado no dia 12 de maio. A solenidade em parceria com a Associação dos Cabos e Soldados contou com várias policiais femininas que compõem o quadro do 33º BPMI que tem em seu quadro 39 policiais femininas que desempenhas suas funções na área dos 19 municípios do Batalhão. O Tenente Coronel Marcondes, comandante do Batalhão falou sobre a solenidade. Segundo ele foi uma homenagem simples, porém que ele fez questão de realizar onde elas são peças fundamentais na Instituição e além de desempenhar seu papel no dia a dia da Polícia Militar ainda cumprem suas obrigações como mães, donas de casa, esposas e são dignas dessa homenagem. O Coronel ainda frisou que apesar de terem esse dia comemorativo da instituição da Policial Militar Feminina no Estado de São Paulo, a Polícia Militar não faz nenhuma distinção ou restrição para que elas não possam seguir e galgar todas as carreiras na Polícia Militar como os demais policiais e a prova disso é que eles estão presentes em vários postos da PM, desde Praças e Oficiais, como a Chefe da Casa Militar que é comandada por uma policial feminina e nos Bombeiros, Polícia Ambiental ou Pilotando Helicópteros elas estão presentes. Terminada a solenidade hora de dar palavra a elas e saber delas o que significa ser uma policial. A Capitão Esther é um dia que deve ser comemorado sempre e neste ano completando 63 anos. Foi uma conquista para as mulheres que ingressaram na corporação onde no início da ingressão das mulheres na PM, o intuito era que elas fariam trabalhos diferenciados e hoje não a essa diferença entre os trabalhos e as Policiais Femininas desempenhas as mesmas funções que os demais policiais masculinos. A Cabo Eliane Oliveira representa também essa força e mostra que elas estão realmente em vários postos. Cabo Eliane faz parte do Policiamento Ambiental, para ela, independentemente de onde a mulher policial esteja o importante que são todos uma família e também ficou feliz pela homenagem. Para a Cabo Paula Pires, é um dia importante do reconhecimento, da valorização profissional e a conquista do espaço dentro da instituição. São 26 anos na Polícia Militar e que para a Cabo Paula uma dupla jornada como muitas mulheres, trabalho, dona de casa, mãe, esposa, inclusive esposa do cinegrafista e com certeza profissão e família são coisas que se faz com prazer. E dentre as homenagens não poderiam ficar de fora as policiais femininas que já passaram para a reserva após os 30 anos de dever cumprido. A Cabo Maria Alice é uma delas, para ela foi uma homenagem do 33º BPMI em parceria com a ACS que vai ficar na memória de todas que além da homenagem e lembrança poder rever os amigos é um momento único e que mais eventos como esse sejam realizados. O presidente da Associação dos Cabo e Soldados, Cabo Quirino relatou que essa é uma das diretrizes da nova diretoria por estar mais próximo dos policiais e uma data como essa não poderia passar em branco, e por isso essa parceria com o Batalhão que proporcionou a homenagem a essas guerreiras. Aqui fica os parabéns da nossa equipe a todas as Policiais Femininas da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que continuem trazendo seu brilho para as fileiras da Corporação e conquistem a cada dia mais o espaço de cada uma dentro das fileiras da Polícia Militar. 



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Banner 2