• quinta, 14 de novembro de 2019
  • |
  • 16:55
Foto: Divulgação

Polícia Civil recupera cabeças de gado furtado em Barretos, e vítima acaba caluniada e passada por ladrão em redes sociais

15/10/2019


Um furto de gado ocorrido na área rural de Barretos, foi esclarecido e parte das cabeças de gado recuperadas e devolvidas ao proprietário. A ocorrência que parecia ter seu desfecho na totalidade, acabou tendo desdobramentos com o autor do furto tentando se passar por vítima inclusive indo até delegacia para registrar um boletim de ocorrência, e dias depois a verdadeira vítima passou a ser denegrido em redes sociais e grupos de bate papo, através de uma montagem fotográfica com logomarca da PM, com dizeres que a vítima seria o autor e o autor seria a vítima.


O delegado Dr. Celso Spadácio falou a nossa equipe sobre os trabalhos realizados e o seguimento dos trabalhos. Segundo delegado após o furto comunicado os investigadores obtiveram informação que o gado furtado estaria próximo ao local do furto, em uma propriedade arrendada por um indivíduo. De posse das informações levantadas pela investigação, para lá se dirigiram os policiais civil e foi logrado êxito em encontrar 15 cabeças de gado furtadas que já estavam remarcadas, porém foi possível constatar a remarcação e identificar o gado sendo devolvido ao proprietário. O caso continuava sendo investigado e apurado, quando pela delegacia compareceu Carlos Eduardo Lopes de 28 anos, para registrar uma ocorrência de furto de gado, por azar de Carlos a equipe que trabalhava na investigação e do furto e localização do fado estava de plantão, e em pouco minutos foi verificado que Carlos seria o arrendatário do local onde foram encontrados os animais furtados e na verdade ele não seria vítima e sim autor do furto. A princípio Carlos negou, depois disse que teria comprado o gado e por fim acabou por confessar o crime alegando que a porteira estava quebrada quando ele levou os animais. Carlos será indiciado pelo crime de furto qualificado e responderá pelo delito cometido.


Um fato que chamou atenção da polícia que agora além do furto deverá ser investigado, é que após os fatos esclarecidos, alguém teria uma montagem fotográfica com a logo da PM e com uma foto da vítima e dizeres que Carlos Eduardo seria a vítima e a verdadeira vítima do furto e agora também da calunia Tiago Domingues de Paula de 38 anos seria o ladrão. O delegado ressaltou que tudo deverá ser apurado como as versões de Carlos não batiam da compra do gado, agora as investigações vão prosseguir para elucidar também a calunia feita contra a vítima.




Mais Fotos

COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Prefeitura Municipal de Barretos 2