• terça, 18 de junho de 2019
  • |
  • 22:02

Colinense que estava desaparecido é encontrado morto em área rural de Colina

21/05/2019

O colinense Laerte Izzopp de 51 anos, morador na cidade de Colina, e estava com queixa de desaparecimento desde a última terça-feira, foi encontrado no início da noite de sexta-feira, em uma área rural a cerca de 10 km da cidade de Colina. Em um local de difícil acesso que demandou várias buscas pela Polícia Militar, após vistoria na área depois de denúncia foi possível localizar o corpo próximo a uma área de brejo. Segundo o Cabo Tomas a equipe de serviço, recebeu uma denúncia anônima que o corpo de Laerte, carinhosamente conhecido na cidade como Branco, estaria sem vida em uma propriedade rural. Diante da denúncia com apoio de outras viaturas e após averiguação nas proximidades de onde a denúncia apontava, foi possível localizar o corpo caído próximo ao brejo já sem vida. Diante dos fatos foi dado ciência a Polícia Civil que acionou a Polícia Técnica Científica para realizar os trabalhos periciais pelo local. Ainda segundo a Polícia Militar devido local de difícil acesso e baixa iluminação, o trabalho inicial da perícia para constatação dos ferimentos e lesões que puderam levar a causa morte, foram prejudicados, sendo feito uma avaliação e colhidas algumas imagens do corpo e local dos fatos, e após a após os trabalhos seriam concluídos no IML em Barretos. A Polícia Civil de Colina já deu início às investigações desde a comunicação do desaparecimento de Laerte, tendo em vista que segundo relatos do boletim de ocorrência registrado, Laerte teria saído de casa para receber uma quantia de R$25.000,00 devido a venda de duas motocicletas, na casa de um morador de Colina, que a Polícia Civil já tem sua identidade, e após isso Laerte desapareceu. Nenhuma linda de investigação está descartada, mais tudo leva a crer que pode se tratar de um crime bárbaro e brutal de homicídio ou latrocínio, tendo em vista que ao lado do corpo havia sido cavada uma cova para enterrar o corpo, porém por ser uma área de brejo começou a minar água do local cavado, e o corpo foi somente desovado pelo local. O crime chocou a cidade de Colina, devido a Branco ser uma pessoa muito querida na cidade e de muito amigos que inclusive foram até o local e fizeram questão de ajudar a funerária a retirar o corpo.



COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Banner 2

VÍDEO EM DESTAQUE (ANUNCIE AQUI)

PUBLICIDADE

TEMPO

COTAÇÕES

IMAGENS DA SEMANA

MAIS LIDAS DA SEMANA

    Sem matéria cadastradas como mais lidas!