• sexta, 24 de maio de 2019
  • |
  • 15:55
Foto: Divulgação

Audiência pública apronta soluções para Jardim Caiçara

18/04/2019


Aconteceu  na Câmara Municipal de Barretos, a Audiência Pública para discutir a pavimentação do Jardim Caiçara. A reunião para ouvir a opinião da população foi proposta pelo vereador Raphael Dutra (PSDB). "Esta foi a primeira audiência que promovi com grande número de autoridades da prefeitura. Demonstra que estão preocupados com os problemas destes locais." - destaca o vereador. 


 


De acordo com Dutra, o Caiçara está abandonado desde a década de 1960 com ruas de terra. "Tenho muito dó também dos proprietários dos motéis Leblon e Versat que sofrem com acúmulo de água, pois quando construíram a Avenida Fraternidade Paulista se esqueceram de construir galerias pluviais para escoamento da água." - frisa. 


 


A munícipe Patrícia Sanssana reclama que os carros prestadores de serviços não trafegam naquelas ruas e não tem iluminação pública. Também disse que o ponto de ônibus mais próximo fica no Jardim Planalto. "A ambulância do SAMU já atolou com paciente dentro." - conta. Apontou que uma clínica geriátrica instalada na Avenida Fraternidade Paulista joga fraldas nas caçambas e o cheiro é insuportável. 


 


Já o advogado Caio Godoy apontou a criação de bolsões para captação de água pluvial para evitar a enxurrada. Sebastião ressalta que ninguém vai na casa dele buscar a neta para estudar. "Tenho vergonha de convidar pessoas para ir em casa devido a sujeira e ao mato." Relatou que sua filha foi assaltada na rua escura do bairro. 


 


Para o secretário municipal de obras, Raphael Ducati é preciso fazer a drenagem do local. "A nossa proposta é que os proprietários dos terrenos recebam a água do leito carroçável através de bolsões, pois se formos impermeabilizar o solo e construir galerias pluviais iremos provocar um problema na parte baixa. Sugiro a contratação de uma empresa para fazer as medições de áreas e confrontação fundiária de matrículas." - disse. A Avenida dos Canários tem cinco metros de largura, quando deveria ter 15 metros com calçada. O valor estimado de pavimentação e drenagem é de R$ 5,8 milhões.


 


Segundo o secretário municipal de planejamento, Ronaldo Câmara, para fazer a pavimentação na largura como está hoje haverá economia, mas teremos uma rua de três metros de largura, porque precisamos também colocar a calçada para os pedestres. "Por outro lado, pode haver a cessão de área pelo proprietário." - diz. O secretário ainda sugeriu destinar uma parcela do IPTU como prioritária para implantação de infraestrutura. E também aplicar o IPTU progressivo em áreas que ficam sob especulação. 


 


A superintendente do SAAE, Elaine Gomes disponibilizará coleta de lixo diária. Informou que o bairro é carente em ligações de esgoto, mas que promove a instalação quando é solicitado. 


 


O vereador Raphael Dutra sugeriu que o prefeito destine o valor devolvido anualmente pela Câmara, seja repassado para as melhorias do Jardim Caiçara. Em 2018, foram devolvidos R$ 2,2 milhões. Dutra finalizou dizendo que Barretos sofreu com o loteamento irresponsável, sem obrigação de construção de infraestrutura como creche, escola e área de lazer. "A cidadania se constrói com o vereador que discute com a população os problemas antigos com os atuais." Ficou satisfeito com o resultado e orientou a população sobre os procedimentos junto à prefeitura e se reunirá novamente em outra data para se inteirar dos resultados. 




COMPARTILHE PARA SEUS AMIGOS:

Prefeitura Municipal de Barretos 2