Polícia Militar de Severínia prende vulgo Jussa por tráfico de drogas

SEVERINIA 22 09 2 nbr

SEVERINIA 22 09 2 nbr
A Polícia Militar de Severínia, prendeu um indivíduo já conhecido dos meios policiais, o vulgo Jussa, morador no Bairro Jardim Primavera II.

O flagrante ocorreu quando a equipe com o apoio da GCM de Severínia, lograram êxito em visualizar um homem de 44 anossaindo da casa do indiciado Jussa. Abordado pelos policiais, o homem estava com a quantia de R$ 125 reais em dinheiro e informou que ali estava para comprar drogas. Ao entrar na residência a equipe logrou êxito em encontrar atrás de uma cômoda uma porção de cocaína e mais 14 micro tubos vazios.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao vulgo Jussa e foi encaminhado juntamente com a testemunha a Central de Flagrantes de Olímpia.

Após tomar ciência dos fatos a delegada Dra. Denise decidiu ratificar a prisão em flagrante de Jussa, pelo crime de Tráfico de Drogas, sendo a testemunha ouvida e liberada.

Adicionar comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal NBR ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.


Código de segurança
Atualizar