Ocorrência de tráfico de drogas e corrupção de menores é registrada por Guaíra

trafico guaira 12 6

trafico guaira 12 6
Após denúncia anônima feita diretamente aos Policiais Militares Cb. Mendes e Cb. Ferreira, de que na Av. 33 Nº 1210 fundos Bairro Miguel Fabiano, onde reside um indivíduo maior juntamente com um adolescente de 17 anos,  e pelo local estaria havendo tráfico de drogas e que na data e hora denunciada estava acontecendo uma festa regada a drogas e bebidas alcoólicas, em patrulhamento a guarnição visualizou um indivíduo sem camisa no portão de entrada e este ao avistar a viatura correu para dentro da casa, com a chegada do apoio das demais viaturas de serviço, adentraram o local sendo um corredor que dá acesso a várias casas e na casa do fundo onde moram os denunciados havia várias pessoas e adolescentes consumindo bebidas alcoólicas. Na posse de uma adolescente de 15 anos foi encontrada a quantia de R$ 500,00 e um aparelho celular, sobre a rack na sala foi localizado a quantia de R$ 218,50, na posse do maior foi encontrado outro aparelho celular. Ao efetuar vistoria no banheiro foi encontrado debaixo da pia 20 invólucros plásticos contendo maconha, já separadas para consumo. Questionado sobre a droga o acusado Leonardo disse que não sabia que referida droga ali estava e que desconhecia que havia pessoas menores de idade na sua festa. O adolescente que ali reside confessou que havia comprado a droga por R$ 50,00 e ali estava para os participantes da festa que quisessem fazer uso. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para os organizadores da festa, Leonardo Marçal Izaias de 19 anos e o adolescente de 17 anos, os demais envolvidos foram também conduzidos ao Plantão Policial onde o delegado determinou a prisão em flagrante de Leonardo e a apreensão do menor de 17 anos pelos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores. Foram apreendidos além da maconha que pesou 34 gramas duas garrafas de vinho, dois celulares e a quantia de R$718,00.

Adicionar comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal NBR ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.


Código de segurança
Atualizar