Mulher de 48 anos é salva de afogamento nas águas do Rio Pardo em Guaíra

afogamento 11 09

afogamento 11 09
Uma mulher de 48 anos foi salva por um rancheiro e equipes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de um afogamento nas águas do Rio Pardo em Guaíra. Segundo o Cabo Sidney do Corpo de Bombeiros a equipe foi acionada para um possível afogamento próximo a ponte do Rio Pardo. Com a chegada das equipes nada havia sido localizado e após várias tentativas, no último rancho as equipes avistaram um rancheiro tentando retirar uma mulher das águas e pedindo ajuda. De imediato as equipes foram ao local e conseguiram resgatar a mulher com vida. A vítima foi estabilizada e encaminhada ao Pronto Socorro da cidade de Guaíra onde seria medicada e tentado levantar maiores dados sobre a mesma pois ela não conseguia passar mais informações para as equipes. No deslocamento para o Pronto Socorro os policiais militares localizaram o carro da vítima próximo a um restaurante existente no local, o veículo foi vistoriado e nada de irregular foi encontrado, onde os policiais iriam entrar em contato com a família para buscar o veículo. O Corpo de Bombeiros alerta para que nesses casos que a pessoas as vezes tem receio de ajudar que ao menos ao fazer a ligação para o 193, que passem o maior número de informações possíveis e precisas para que o atendimento seja rápido e eficiente. Por sorte e o desprendimento do rancheiro, senhor Geraldo de 73 anos e o empenho dos policiais e bombeiros a vítima foi salva. O fato deverá ser devidamente apurado pela Polícia Civil. 

Adicionar comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal NBR ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.


Código de segurança
Atualizar