Prefeitura e Defensoria Pública fazem parceria para atendimento a mulheres no CRAM

cram 3 8

cram 3 8
A partir desta quinta, dia 3 de agosto, começa o atendimento a pessoas em situação de risco pela Defensoria Público no CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher “Nilza Maria Vicente”. Uma parceria entre a Prefeitura de Barretos, por meio do órgão, com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo, vai proporcionar atendimento especializado às pessoas que busquem o CRAM nas quintas de manhã, a partir das 9h, para receber orientação judicial e extrajudicial, encaminhamento para ajuizamento de ações, esclarecimentos e outras demandas que surgirem. Na quinta, dia 3, o defensor público Dr. Fábio Henrique Esposto estará na sede do Centro de Referência de Atendimento à Mulher, junto com a coordenadora do CRAM Dra. Gláucia Regia Martins Molaz Simões, atendendo a imprensa que desejar realizar matéria para esclarecer esse novo serviço.

Adicionar comentário

1. Todos os comentários suscetíveis de serem considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante, e que visem o autor do artigo, dos responsáveis e colaboradores do Portal NBR ou do autor de outro qualquer comentário, denegrindo, dessa forma, a imagem do portal, serão excluídos. Esta regra será também aplicável aos que dissimulem tais expressões ou que as substituam por expressões não conotadas como impróprias mas com as mesmas intenções apontadas.
2. Os comentários que, pela sua publicação repetitiva, tenham um conteúdo paulatina e reiteradamente utilizado com o objetivo de “boicotar” o tema ou assunto em discussão, devem, de igual forma, ser excluídos.
Os visitantes do portal, de resto, possuem toda a liberdade para se expressarem sobre os temas ou assuntos publicados, sempre em obediência às duas regras atrás enunciadas, assumindo, porém, toda a responsabilidade pelo conteúdo e sentido dos seus comentários.
Quem reincidir mais do que três vezes na publicação de comentários em infração dos pontos 1. e 2. incorre no bloqueamento do seu acesso ao Portal, sempre após deliberação dos responsáveis pelo Portal.


Código de segurança
Atualizar